ULTIMAS NOTÍCIAS

Homem preso com quase R$ 2 milhões em malas no Aeroporto Castro Pinto revela de quem era a quantia

O jornalista Clilson Júnior informou no programa Arapuan Verdade, que a pessoa que estaria transportando o valor de R$ 1.999.470 apreendidos no Aeroporto Internacional Castro Pinto, na tarde do dia 16 de fevereiro, teria revelado de quem era a quantia.

De acordo com as informações, Eder Francisco da Silva Santos estaria com as malas quando foi abordado pela Polícia Federal, o motorista de aplicativo que reside em São Paulo se declarou como músico e informou à polícia que o dinheiro seria de seu patrão, chamado Felipe Alcantara.

O homem é natural de Lavras, em Minas Gerais, porém reside em São Paulo. O voo que o trouxe à Paraíba partiu do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Após sua abordagem, chegaram dois advogados para defendê-lo no aeroporto, que foram o Dr. Felipe Pedrosa Tavares e a Drª Jannyleyde da Silva Milanês, conhecida como Janny Milanês.

As informações ainda dizem que “patrão” é uma gíria usada em São Paulo, e que Eder não trabalha para Felipe Alcântara. Segundo ele, foi oferecido uma quantia de 1500 reais para trazer o dinheiro à João Pessoa.

A Polícia investiga quem é Felipe Alcântara, provável dono do dinheiro apreendido. A redação do Polêmica Paraíba tentou contato com os advogados citados acima, mas até o fechamento da matéria não fomos atendidos.

Veja o documento abaixo:

 

2023.0012080 – intervalo de peças – 2023.02.16

Imagem do WhatsApp de 2023 02 24 as 13.46.03 256x300 - Homem que foi pego com quase R$ 2 milhões em malas no Aeroporto Castro Pinto revelou de quem era a quantia - VEJA O DOCUMENTO
Eder Francisco, que estava com a posse das malas no Aeroporto
Polêmicaparaiba

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo