ULTIMAS NOTÍCIAS

A grande campeã do Carnaval de São Paulo é a Mocidade Alegre

Mocidade Alegre é a grande campeã do carnaval 2023 de São Paulo. A Mancha Verde ficou na segunda colocação, e a Império de Casa Verde, em terceiro lugar.

Integrantes da Mocidade Alegre comemoram após título no Anhembi — Foto: Celso Tavares/g1

Integrantes da Mocidade Alegre comemoram após título no Anhembi — Foto: Celso Tavares/g1A escola conquistou seu 11º título e, ao lado da Nenê de Vila Matilde, se torna a segunda escola com mais vitórias ao longo da história do carnaval paulista, atrás apenas da Vai-Vai.

Resultado final do carnaval de SP em 2022 e 2023 — Foto: Arte/g1

Resultado final do carnaval de SP em 2022 e 2023 — Foto: Arte/g1

A campeã foi a quarta escola a entrar na Avenida no sábado (18), com o enredo “Yasuke”, imigrante africano que se tornou um samurai respeitado no Japão.

Aline de Oliveira, rainha de bateria da Mocidade Alegre — Foto: Marília Neves/g1

Aline de Oliveira, rainha de bateria da Mocidade Alegre — Foto: Marília Neves/g1Aline de Oliveira, rainha de bateria da Mocidade, afirmou ao g1 que o título estava “engasgado”. “Eu estou extremamente feliz, já estou até sem voz. Esse grito de ‘campeã’ estava engasgado na nossa garganta. E é isso: nós viemos com garra, com muita força, muita união, mostrando que a nossa comunidade é capaz de fazer, cheia de essência. Vamos para cima! Nós somos campeões do carnaval 2023. Muito, muito, muito obrigada. Eu estou muito feliz, radiante, em êxtase!”

A apuração das notas do carnaval 2023 de São Paulo aconteceu na tarde desta terça-feira (21), no Sambódromo do Anhembi, na Zona Norte, apresentada pelo locutor Antônio Pereira da Silva Neto, o Zulu, e foi acirrada, decidida no critério de desempates. O g1 acompanhou em tempo real. Veja como foi.

O desempenho da Mocidade Alegria nos últimos ano até ganhar o título do carnaval paulista em 2023 — Foto: Luisa Rivas/g1

O desempenho da Mocidade Alegria nos últimos ano até ganhar o título do carnaval paulista em 2023 — Foto: Luisa Rivas/g1

As escolas Unidos de Vila Maria e Estrela do Terceiro Milênio foram rebaixadas para o Grupo de Acesso do carnaval de São Paulo.

Prefeito Ricardo Nunes entrega o troféu à campeã do carnaval 2023 de SP, Mocidade Alegre — Foto: Rodrigo Rodrigues/g1

Prefeito Ricardo Nunes entrega o troféu à campeã do carnaval 2023 de SP, Mocidade Alegre — Foto: Rodrigo Rodrigues/g1

Solange Cruz, presidente da Mocidade Alegre, fica apreensiva durante apuração do carnaval 2023 em SP — Foto: Celso Tavares/g1

Solange Cruz, presidente da Mocidade Alegre, fica apreensiva durante apuração do carnaval 2023 em SP — Foto: Celso Tavares/g. Não foi permitida a entrada de torcida das escolas para acompanhar a apuração e cada uma delas pôde levar até dez representantes.

Nenhuma escola do Grupo Especial recebeu punição neste ano. Na tarde de segunda (20), a Liga das Escolas de Samba de São Paulo definiu a ordem que as notas dos quesitos serão reveladas. Ao todo, são nove quesitos e quatro jurados para cada um dos deles. Neste ano, os jurados podem dar notas de 8 a 10.

Solange Cruz, da Mocidade Alegre, e Paulo Serdan, da Mancha Verde, se cumprimentam após o fim da apuração do carnaval 2023 — Foto: Reprodução/TV Globo

Solange Cruz, da Mocidade Alegre, e Paulo Serdan, da Mancha Verde, se cumprimentam após o fim da apuração do carnaval 2023 — Foto: Reprodução/TV Globo

Para o desfile das campeãs, classificam-se as cinco primeiras colocadas do Grupo Especial, as duas primeiras colocadas do Acesso 1 e a primeira do Acesso 2. O desfile das campeãs acontece neste sábado (25).

Ranking de títulos do carnaval de SP — Foto: Arte/g1

Ranking de títulos do carnaval de SP — Foto: Arte/g1

São nove quesitos:

  1. Harmonia: Analisa se os componentes da escola estão integrados, cantando o samba conforme o ritmo da bateria e fazendo as coreografias corretamente.
  2. Bateria: Avalia o desempenho dos ritmistas e dos mestres de bateria acompanhando o samba-enredo. Além de alguns instrumentos obrigatórios, é importante que tudo esteja afinado.
  3. Enredo: Nesse quesito é considerado se o tema está sendo bem contado na avenida, com a ajuda das alas e alegorias, e se o jurado e o público conseguem fazer uma leitura fácil da apresentação.
  4. Alegoria: Julga os carros alegóricos: a beleza e a relação com o enredo.
  5. Evolução: Julga a forma como a escola passa pela avenida, sem deixar buracos e sem correr para cumprir o tempo do desfile.
  6. Samba-Enredo: O jurado deve considerar se a letra do samba transmite o enredo proposto pela escola. Já a melodia deve provocar nos componentes a vontade de evoluir, dançar e cantar.
  7. Comissão de frente: A coreografia conta com alguns movimentos obrigatórios, como a saudação ao público e a apresentação da escola. Jurados também dão nota para a fantasia.
  8. Mestre-Sala e Porta-Bandeira: Considera-se o entrosamento dos dois na coreografia, a graciosidade dos movimentos e, também, as fantasias.
  9. Fantasia: Avalia a beleza e o significado das fantasias desfiladas. Os jurados também podem se atentar a detalhes e ao acabamento.
  • Contabilizar todas as notas descartadas de todos os quesitos;
  • Mantido o empate, a avaliação começa pelo quesito fantasia, mestre-sala e porta-bandeira, samba, evolução, alegoria, enredo, bateria e harmonia.

 

Integrantes da Mocidade Alegre acompanham apuração no Anhembi — Foto: Celso Tavares/g1

Integrantes da Mocidade Alegre acompanham apuração no Anhembi — Foto: Celso Tavares

Fonte: G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo