POLÍTICA

Mulheres vítimas da pobreza menstrual recebem 15 mil absorventes de entidade social apoiada por Ruy

A falta de acesso a absorventes higiênicos, a chamada pobreza menstrual, é um problema que afeta milhões de mulheres no Brasil e na Paraíba. Em razão disso, a luta para apoiar essas mulheres vem recebendo destaque do mandato do deputado federal Ruy Carneiro. Neste domingo (2), 15 mil absorventes doados pelo parlamentar para o Projeto Sem Pobreza Menstrual foram distribuídos na Comunidade do S, no bairro do Róger, em João Pessoa.

O material foi adquirido graças à decisão de Ruy de abrir mão do auxílio-mudança, um recurso extra que todo deputado federal e senador recebe no inicio do mandato. Ruy é contra o pagamento e resolveu utilizar parte dos recursos para fazer a doação, chamando a atenção da população paraibana para a temática.

“Ao abrir mão do auxílio-mudança, decidi utilizar os recursos para ajudar iniciativas em áreas que estão esquecidas pelo poder público. A pobreza menstrual atinge milhares de mulheres em situação de vulnerabilidade social, que não possuem recursos pra comprar absorventes. Isso envolve não apenas a questão da higiene, mas tira meninas das salas de aula por vários dias todos os meses. Além da ação pontual, a ideia é chamar a atenção da sociedade para essas temáticas”, ressaltou o deputado.

Uma das organizadoras do Projeto Sem Pobreza Menstrual, Carol Martins, agradeceu a iniciativa do deputado e reforçou a importância de dar visibilidade a causa. “Por conta do grande volume de absorventes, decidimos fazer a entrega aqui na Comunidade do S, que possui um grande número de pessoas em vulnerabilize social. Iniciamos o projeto em 2020 e atualmente atendemos mais de dez comunidades. Além das doações, a divulgação da iniciativa também é essencial para ampliar o nosso alcance”, afirmou Carol.

“Essas doações foram muito importantes para nossa comunidade, principalmente para as mulheres. Os absorventes estão muito caros e tem muita mocinha que está deixando até de ir pra escola porque não tem condições de comprar. Agradecemos ao deputado em nome das mais de 400 pessoas que foram alcançadas pela iniciativa”, reforçou a líder comunitária Katia Maria Lins.

Para contribuir com a iniciativa é necessário procurar o Projeto Sem Pobreza Menstrual no Instagram, através do perfil @sempobrezamenstrual. Eles possuem pontos de coleta em diversas localidades de João Pessoa e em outras regiões da Paraíba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo